Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » O povo já mostrou que quer o Michel Temer fora e o Lula disputando a eleição de 2018

O desmanche terminal do governo Temer é um risco para o país e uma ameaça a seu futuro, aos adultos de hoje, de amanhã e depois de amanhã.
Quando a catástrofe se torna visível no horizonte, o único caminho responsável é preparar o retorno à democracia, que se faz pelo respeito à vontade da maioria dos 210 milhões de brasileiros.
Isso quer dizer, em primeiro lugar, respeitar a vontade do povo e garantir a liberdade de Lula -- agora.  
É necessário deixar a barbárie judicial para trás. Na dúvida, basta olhar para o modelo italiano da Lava Jato para ver a tragédia ali produzida para entender o futuro de sombra e paralisia reservado aos países que destruíram seu sistema político. 
O verdadeiro líder da nação, aquele que a maioria de eleitores reconhece e quer ver na presidência -- pelo voto -- deve ter seus direitos políticos assegurados e voltar ao convívio de uma população que lhe devota um respeito único e mantem-se fiel a sua memória e sua herança  -- energia indispensável no universo de beira de abismo em que o país se encontra. É a primeira demonstração, a maioria dos brasileiros e brasileiras, que sua vontade política voltou a ser respeitada. 
Em segundo lugar, é preciso encaminhar a saída de Michel Temer. O presidente do Jaburu perdeu as condições políticas de permanecer no cargo e tornou-se um perigo público. Nunca teve legitimidade. Hoje, não tem autoridade.
A última demonstração está escancarada. Consiste na incapacidade -- ou falta de interesse, não importa -- de conduzir o país, pacificar os brasileiros e impedir a derrocada das instituições que balançam mas ainda não vieram abaixo. Enquanto Temer finge que governa, Pedro Parente zomba do sofrimento da população.
O país não precisa de intervenção militar, que só trará ruína, atraso e covardia. Precisa da intervenção dos eleitores, do povo, cujo poder é o fundamento da República, como informa o artigo 1 da Constituição.
Este é o caminho a ser trilhado.
Alguma dúvida?

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply