Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Prefeito de Embu das Artes/SP acusado de ser do PCC participou dos protestos contra a Dilma

Acusado de ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC), o prefeito de Embu das Artes (SP), Ney Santos, fugiu do país na sexta-feira (2) em um voo clandestino em direção ao Paraguai. Ele tem um mandado de prisão sob acusação de tráfico de drogas, associação ao crime organizado, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
A Câmara Municipal afastou na terça-feira (6) por 11 votos a 4. Ney Santos estava no cargo por força de uma liminar concedida no ano passado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello. Ele Ele pediu o afastamento alegando problemas “particulares”, mas a decisão da Câmara termina beneficiando o chefe do executivo municipal, porque não poderá perder o cargo por abandono.
O prefeito chegou a ser preso por roubo de malotes em Marília em 2003, mas saiu da prisão em 2006. De acordo com a polícia, nos últimos anos ele acumulou um patrimônio de mais de R$ 50 milhões. (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply