Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » O líder do PSDB no Senado será investigado por recebimento de R$ 11,5 milhões em propinas

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito contra o senador Paulo Bauer, líder do PSDB no Senado. Ele será investigado pela Procuradoria Geral da República sobre o suposto recebimento de R$ 11,5 milhões não-declarados para a campanha eleitoral de 2014, quando concorreu ao governo de Santa Catarina. 
Decisão foi embasada na delação do ex-executivo da empresa Hypermarcas, Nelson José de Mello, no inquérito contra o presidente do Senado, Eunício Oliveira. Agora, a Procuradoria Geral da República fará uma investigação específica para depois decidir se apresenta denúncia contra Paulo Bauer. (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply