Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Guilherme Boulos pede acertadamente que o STF impeça o absurdo de uma prisão após condenação política

O pré-candidato à presidência da República pelo Psol e coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem nesta quinta-feira (21) seu Habeas Corpus em julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).
"Agora o STF julga o habeas corpus de Lula. Esperamos que faça justiça e impeça o absurdo de uma prisão após condenação política e sem provas", escreveu Boulos no Twitter.
O ex-presidente Lula foi condenado sem provas pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4). Ele foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter recebido propina de R$ 3,7 milhões através do apartamento. 
Em janeiro deste ano, a juíza Luciana Correa Torres de Oliveira, da 2ª Vara de Execução e Títulos no Distrito Federal, determinou a penhora dos bens da OAS, numa ação movida por credores e um dos ativos penhorados é o triplex que a Lava Jato atribuiu ao ex-presidente Lula. (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply