Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » O jornalista Ricardo Noblat fica revoltado com as verdades ditas pela mídia estrangeira

O jornalista Ricardo Noblat foi ao Twitter para criticar a mídia estrangeira, que não está alinhada ao governo de Michel Temer, por ver com desconfiança e apontar as inconsistências do decreto de intervenção militar na Segurança Pública do Rio de Janeiro. 
"Espantosa a ignorância da imprensa estrangeira, ou de parte dela, no que diz respeito ao Brasil. Depois de embarcar no discurso de que o impeachment de Dilma foi golpe, e de que Lula é um perseguido político, agora, com a intervenção federal no Rio, fala em 'sombras da ditadura', disse Noblat. 
O jornal britânico 'The Guardian' cita insatisfação nas favelas e possíveis benefícios políticos para Temer, enquanto a agências de notícias falam sobre a pressão dos mercados pela aprovação de reformas no Brasil, o que deve ser deixado de lado temporariamente".
O 'Guardian' ressalta que esta é a primeira vez que uma intervenção assim acontece desde 1988, quando uma nova Constituição deu fim à ditadura. ''Intervenção militar é um assunto pesado para muitos brasileiros, apesar de muitos na extrema direita cada vez mais apoiarem a volta de um governo militar'', diz o jornal inglês.
"O Brasil voltou a ser uma democracia em 1985, depois de 21 anos de ditadura militar, e a intervenção continua sendo um tema sensível no país", diz uma reportagem da agência de economia Bloomberg.
(Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply