Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » O jornalista Ricardo Kotscho pergunta: Por que tanto medo do Lula?

Jornalista Ricardo Kotscho lembra "que o presidente do TRF-4, Thompson Flores, teve um encontro com a "presidente do STF, Carmen Lúcia, e chegou ao Palácio do Planalto, onde foi recebido pelo general Sergio Etchegoyen, chefe do gabinete de Segurança Institucional (GSI, antigo SNI), depois de se encontrar com a procuradora geral da República, Raquel Dodge e do diretor geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia".
"Por que eles têm tanto medo de Lula, o ex-presidente que deixou o Palácio do Planalto com 87% de aprovação popular em 2010?" É exatamente por isso: o medo não é de Lula, um ser absolutamente inofensivo, que não tem nada de extremista, mas do que ele representa - os milhões de brasileiros que melhoraram de vida em seus oito anos de governo", diz o jornalista.
"É o contraste entre o período de Lula e o atual, em que o presidente Michel Temer e tudo o que ele representa têm 90% de rejeição à frente e um governo que tira direitos dos trabalhadores e governa para o mercado. É a liderança de Lula em todas as pesquisas, com o dobro de intenções de voto do segundo colocado, o capitão Bolsonaro, enquanto os candidatos do governo não conseguem passar de um dígito", acrescenta.
Segundo o blogueiro, "Lula governou para os pobres sem perseguir os ricos, que nunca ganharam tanto dinheiro na vida (um grande banqueiro pensou até em erigir uma estátua para o ex-presidente, como me contou seu filho)".
"Em menos de dois anos do “governo das reformas”, o Brasil voltou a fazer o papel de gandula no cenário mundial, está liquidando seu patrimônio na bacia das almas e reajustou o salário mínimo e as aposentadorias abaixo do índice da inflação. "O que estará em julgamento no tribunal de Porto Alegre são estes dois Brasis tão opostos. Vem daí o medo que eles têm de Lula e do que poderá acontecer daqui até as eleições de outubro".
Leia a íntegra no Balaio do Kotscho (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply