Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » » Loja de franquias Snipers em Recife promove tiro ao alvo com os ex-presidentes Lula e Dilma

Revista Fórum - Uma loja de airsoft –esporte que estimula situações militares– usou caricaturas dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff como alvos para atiradores. A loja, que fica num shopping de Recife, causou um pandemônio nas redes com a sua manifestação de ódio, provocando ameaças de manifestações e, por conta disso, encerrou a “promoção”.
De um lado, simpatizantes dos petistas passaram a convocar, pela internet, um ato de repúdio em frente à loja. Já o MBL (Movimento Brasil Livre) Pernambuco classificou a reação como “vandalismo” contra o estabelecimento.
Com a polêmica, a empresa Sniper Recife decidiu retirar nesta terça (12) à noite as imagens dos ex-presidentes dos alvos, para evitar uma maior repercussão negativa.
“A partir do momento em que se coloca a imagem de uma pessoa, independentemente de quem seja, para ser alvejada na cabeça, há uma incitação ao crime de homicídio”, disse a vereadora do Recife Marília Arraes (PT).
Ela afirmou que vai nesta quarta-feira (13) ao Ministério Público protocolar uma representação contra a empresa.
A rede de franquias Sniper oferece quatro modalidades, incluindo tiro ao alvo, com armas como pistolas e fuzis de 6 mm que disparam esferas plásticas. Está presente em 19 Estados com 37 lojas.
Usuários dos 6 aos 13 anos de idade só podem “brincar” acompanhadas pelo responsável. Por 100 munições, a empresa cobra entre R$ 25 e R$ 35, a depender da modalidade do desafio.
Para o diretor de implantação da rede de franquias Sniper, Vinícius Delatorre, a empresa não estimula violência nem contra eles nem contra nenhum político. “É apenas um personagem como os demais”, afirmou.
De acordo com o executivo, a loja disponibiliza alvos que remetem a silhuetas e personagens como Deadpool, Coringa e Minions. Os alvos são trocados a cada 30 dias por novos personagens. “Qual pessoa está por trás [da imagem] pouco interessa, nós trabalhamos com alvos temáticos sem denegrir ninguém.”
O Shopping Tacaruna informou que “não interfere na gestão das lojas”.
Imagens de pessoas disparando contra os desenhos passaram a circular nas redes sociais.
Numa foto publicada numa rede social nesta segunda (11), por exemplo, é possível ver um homem mirando um alvo de papel com o desenho do “Pixuleko”. O boneco é uma caricatura de Lula vestido de presidiário, criado por movimentos a favor do impeachment de Dilma.
Em outra imagem, esta no perfil de uma monitora da loja, uma mulher aponta para um alvo ao lado de outro com um desenho representando a ex-presidente.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply