Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Renan Calheiros afirma que a condenação de Lula sem provas "ataca a democracia brasileira e o Estado de Direito”

Foto: Jonas Pereira/Agência Senado
 Através das redes sociais, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) reagiu à sentença proferida pelo juiz Sergio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sem citar o nome do petista, Renan afirmou que “condenar sem prova é sempre inadmissível” e que este erro “certamente será reparado”.
O ex-presidente do Senado também ressaltou que Lula tirou o Brasil do mapa da fome e “foi reconhecido por líderes mundiais”. No plenário, Calheiros também fez uma defesa de Lula, repetindo o discurso divulgado nas redes sociais. 
“Uma palavrinha sobre a qual eu não posso calar. Nunca é admissível que se condene sem provas. Muito mais quem tirou o Brasil do mapa da fome e foi reconhecido por líderes mundiais", disse. "Ainda bem que temos certeza que na instância seguinte, vamos reparar."

O ex-presidente Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os advogados do petista disseram que a sentença de Moro, baseada majoritariamente em delações premiadas, "ataca a democracia brasileira e o Estado de Direito”, além de ignorar “provas contundentes” da inocência de Lula. 

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply