Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » » O Google desmente a Mônica Moura. O e-mail foi criado em 2017. Ela forjou prova conta a Dilma

A prisão de Mônica Moura ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2016. Porém a imagem mostra que o rascunho foi elaborado no dia 22 de fevereiro desse ano. O Gmail mostra isso no rascunho. Esse serviço de e-mail não indica o ano quando se trata de mensagens e rascunhos recentes.


A imagem poderia, sim, ter sido colhida no ano passado, mas a foto de Mônica foi recortada para esconder a data do computador onde a imagem foi criada: a barra de tarefas do sistema operacional, que é, sem dúvidas, o Windows – devido ao navegador utilizado, Internet Explorer.



Exemplo de barra de ferramentas do Windows

Portanto é evidente que Mônica Moura forjou essa prova no intuito de ser beneficiada pelo acordo de delação, pois basta citar de alguma forma o nome de Dilma Rousseff. Claro que basta, também, citar o nome de Lula, mas quem se encarregou disso foi o marido da empresária, João Santana.

No mais, aqui vai um exemplo de um rascunho antigo num e-mail do gmail


(com informações de http://www.debateprogressista.com.br/gmail-mostra-que-monica-moura-forjou-prova-para-citar-a-presidenta-eleita-dilma-rousseff-em-delacao)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply