Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » » Marcelo Odebrecht afirma que o modelo de repasse ao Instituto Lula foi feito com base nas doações para o Instituto de Fernando Henrique Cardoso

Em seu acordo de delação premiada, Marcelo Odebrecht afirmou que o modelo de repasse ao Instituto Lula foi feito com base nas doações da Odebrecht para o Instituto de Fernando Henrique Cardoso.
O empresário Marcelo Odebrecht afirmou que as doações feitas pelo grupo Odebrecht ao Instituto Lula tinham como “referência” doações que haviam sido feitas pela Odebrecht anos antes ao Instituto Fernando Henrique Cardoso, atual Fundação FHC.
As declarações foram feitas em depoimento no âmbito da Operação Lava-Jato. O conteúdo das delações de Marcelo Odebrecht e de outros executivos e ex-executivos da empresa teve o sigilo retirado pelo ministro Edson Fachin na última terça-feira. Os políticos envolvidos nas suspeitas de propina e de caixa 2 formam a chamada ‘lista de Fachin’.
Segundo ele, sua empresa entendia que era importante colaborar com o órgão que Lula estava montado após o mandato porque sabia que o petista continuaria sendo um personagem influente.
A negociação, disse, era feita com o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, e “tinha como referência o iFHC”: “A gente tinha doado, não me recordo bem, acho que as [inaudível] empresas, uns R$ 40 milhões [a FHC]. Quando o Lula saiu, a gente sabia que a influência dele iria continuar”, explicou.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply