Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Empresária que postou foto de Sérgio Moro pedindo para limpar o País foi presa na operação Lava Jato

Na manhã de terça-feira (14), a Polícia Federal prendeu o diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro (Rio Trilhos), Heitor Lopes de Sousa Junior, e o atual subsecretário de Turismo do estado e ex-subsecretário de Transportes, Luiz Carlos Velloso. A operação, batizada de Tolypeutes, é um desdobramento da Lava Jato no Rio, e investiga suposta corrupção e pagamento de propina em contratos da linha 4 do Metrô.

Executivos da Carioca Engenharia relataram, em acordo de leniência, que o esquema na Secretaria de Transporte seria semelhante ao da Secretaria Estadual de Obras do Rio, com a cobrança de propina das empreiteiras contratadas para obras.

Sete mandados de condução coercitiva foram cumpridos. Um deles foi contra a companheira de Luiz Carlos Velloso, Renata Loureiro Borges Monteiro. Promotores apontam ainda que a prisão preventiva do diretor da Rio Trilhos foi pedida para evitar uma possível fuga, já que Heitor e a mulher estavam dando entrada em um pedido de cidadania portuguesa. Os procuradores também estão pedindo o bloqueio de bens de R$ 36 milhões de Heitor e de R$ 12 milhões de Velloso.

Lauro Jardim informa que, no último dia 4, Renata postou em sua página no Facebook uma foto de Sergio Moro com um comentário típico de paneleira:


— É de cabeça erguida que iremos limpar o país! (Do DCM)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply