Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Em discurso no Senado, a senadora Lídice da Mata afirma que a reforma da Previdência é a mais injusta e amarga da história do Brasil

Em discurso no plenário do Senado nesta terça-feira (7), a baiana Lídice da Mata (PSB) fez um alerta para os perigos da proposta de reforma da Previdência Social enviada ao Congresso por Michel Temer. Segundo a senadora, "a reforma é a mais amarga e injusta da história do Brasil e prejudicará a camada mais pobre da sociedade".
De acordo com a parlamentar, as mudanças apresentadas, entre as quais o aumento da idade mínima para 65 anos, para homens e mulheres, ampliando o tempo de contribuição mínima de 15 para 25 anos, e a redução dos benefícios, já se revelam impopulares.
"Diante do fracasso de se convencer a opinião pública, mesmo com uma campanha milionária na mídia nacional, alardeia-se agora um déficit crescente da previdência social, tentando gerar uma insegurança profunda na população quanto ao futuro da nossa previdência. Na verdade, temos um velho artifício estatístico", resumiu Lídice.

A senadora lembra que o quadro divulgado pelo governo é rechaçado por diversos especialistas, em estudo organizado pela Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP), Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e Plataforma Política Social. "A previdência social brasileira custa 7,4% , mas aqui os com mais de 65 anos são apenas 8% entre os brasileiros". (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply