Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » O cineasta José Padilha diz que o Michel Temer está ilegalmente no poder

Prestes a lançar pela Netflix uma série baseada na Operação Lava Jato, o cineasta José Padilha criticou abertamente Michel Temer, que, em sua opinião, beneficiou-se de uma quadrilha que achacou o Estado com sua corrupção. Para ele, a chapa que elegeu Dilma Rousseff e Temer foi irregular: "Desde sempre estiveram ilegais na Presidência da República. Todos nós sabemos disso. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) também sabe", disparou. Ainda fazendo mistério sobre a produção, que será lançada simultaneamente no mercado internacional, Padilha promete revelações dos bastidores da Lava Jato.
As informações são de reportagem de Miguel Cabellero em O Globo.
"O essencial, o que gostaria que o público compreendesse, é a natureza das dificuldades que os policiais, os procuradores e os juízes que iniciaram e levaram a Lava-Jato a cabo tiveram que enfrentar. Trata-se de um briga de David contra Golias, onde a força tarefa da Lava-Jato sofreu uma enorme pressão do establishment e da quadrilha de empreiteiros e políticos que domina Brasília faz tempo. Acho importante também que o público compreenda que o mecanismo de corrupção que a Lava-Jato investiga coexistiu com partidos de diferentes ideologias, e que a Lava-Jato seguiu uma trajetória investigativa cronológica e pragmática, e não ideológica. Prova disso é que depois de expor o PT, a operação agora esta expondo o PMDB e o PSDB. E todos estão vendo a reação destes partidos contra a operação." (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply