Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Na Missa de 7º dia da morte de Dona Marisa, Lula diz que ela deixou “dignidade e solidariedade”

O ex-presidente Lula deu seu último adeus à ex-primeira-dama Marisa Letícia, durante a missa de 7° dia de sua morte, em sua memória, nesta quinta-feira 9, na Igreja Matriz de São Bernardo do Campo, no ABC paulista.
Lula disse aos presentes que Marisa deixou “dignidade e solidariedade”, duas coisas que podem marcar a vida de "quem quer ser bom neste País". Ele também chamou sua companheira de vida de "árvore frondosa que deixou muitos frutos".
A missa foi celebrada pelo bispo de Santo André, Don Pedro Cipolini. Ele lembrou que a Matriz de São Bernardo tem importância histórica para os trabalhadores da região, já que recebeu, durante as greves das décadas de 1970 e 1980 - lideradas por Lula - todos os metalúrgicos participantes do movimento, chegando a sediar uma assembleia da categoria.
Entre os presentes na missa, entre outros políticos e amigos de Lula, o senador Lindberh Farias (PT-RJ), o ex-ministro Aldo Rebelo (PCdoB), o escritor Fernando Morais, o vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. Cerca de 500 pessoas lotaram a igreja para cumprimentar familiares da ex-primeira-dama.
Dona Marisa morreu vítima de um AVC no último dia 3. Ela estava internada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. (Com o 247)
Assista:

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply