Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » A agência Fitch Ratings afirma que poderá rebaixar a nota do Brasil devido a instabilidade no governo

A agência de classificação de risco Fitch Ratings comentou a nota de crédito soberana ‘BB’ com perspectiva negativa (dois níveis abaixo do grau de investimento) do Brasil e afirmou que a inabilidade do governo em adotar medidas para o crescimento da economia pode levar ao rebaixamento da nota do país.
 
Para a agência, há progressos no que diz respeito aos desequilíbrios econômicos e fiscais, mas que a dívida elevada e o crescimento fraco mostram que a estabilização do déficit público continuam sendo um desafio para o governo. 
 
A agência crê que o ambiente político melhore desde o impeachment da presidente Dilma Rousseff e ressalta que a reforma da Previdência deve ser mais difícil de ser aprovada. A Fitch também ressalta que a instabilidade política pode ressurgir com a aproximação das eleições de 2018. 
 
A desaceleração da inflação e o  déficit em conta corrente de 1,3% do Produto Interno Bruto em 2016 são considerados pontos positivos, mas a contração do PIB pelo sétimo semestre seguido e o déficit público de 8,9% são motivos de preocupação. 
 
A Fitch ressalta que, sem taxas de crescimento econômico mais altas, o governo Temer não vai conseguir estabilizar a dívida pública no curto prazo. Em seu relatório, a agência espera que o país saia da recessão neste ano.  (Com o GGN)
 


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply