Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » » Dilma Rousseff emite nota em solidariedade ao Guilherme Boulos e afirma que a prisão dele é "inaceitável"

A ex-presidente Dilma Rousseff emitiu uma nota em solidariedade ao líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), Guilherme Boulos, que foi preso na manhã desta terça-feira (17) pela Polícia Militar de São Paulo, durante uma ação de reintegração de posse. Boulos, ao lado de outras pessoas, tentavam negociar uma saída pacífica para que 700 famílias desocupassem uma área reclamada pelo governo Alckmin em São Mateus, quando acabou sendo detido sob a acusação de obstrução de justiça, desobediência civil e incitação à violência contra policiais.

Para Dilma, a prisão de Boulos é "inaceitável". "Os movimentos sociais devem ter garantidos a liberdade e os direitos sociais, claramente expressos na nossa Constituição cidadã, especialmente, o direito à livre manifestação. Prender Guilherme Boulos, quando defendia um desfecho favorável às famílias da Vila Colonial em São Paulo, evidencia um forte retrocesso. Mostra a opção por um caminho que fere nossa democracia e criminaliza a defesa dos direitos sociais do nosso povo", disse a ex-presidente.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply