Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Coordenador da Lava Jato diz que determinação no ministro da Justiça "pode colocar os presos da Lava Jato em liberdade"

O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba (PR), demonstrou preocupação com uma das medidas anunciadas pelo Ministério da Justiça para tentar conter a crise no sistema penitenciário após massacres em Roraima e Amazonas, com o extermínio de pouco mais de 90 presos. Segundo Dallagnol, soltar presos provisórios que não tenham agido com violência ou grave ameaça "pode colocar os presos da Lava Jato em liberdade". "Todos" os presos, de Antonio Palocci a Eduardo Cunha, sinalizou.

Dallagnol compartilhou um texto escrito pelo professor de processo penal Rodrigo Chemim, que diz que é "curioso que a medida anunciada pelo Ministro da Justiça venha também beneficiar justamente quem são os principais responsáveis pelos gravíssimos problemas dos presídios brasileiros: os políticos e empresários corruptos brasileiros que não investem tanto no sistema penitenciário, quanto nas instâncias formais de controle da criminalidade, quanto, principalmente, em educação!"


"Dinheiro para mudar essa realidade o país sempre teve, mas ele acaba se esvaindo nos escaninhos da corrupção. Portanto, a notícia dada hoje pelo Ministro da Justiça deve ter gerado alegria no cárcere da Polícia Federal. Palocci, que teve ontem negada a liminar em Habeas Corpus no STJ, imagino, deve estar exultante. Cunha também", diz o professor. (Do GGN)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply