Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Mesmo com o golpe, a Dilma Rousseff foi escolhida como uma das 'mulheres do ano' pelo jornal Financial Times

A presidente deposta Dilma Rousseff foi escolhida como uma das 'mulheres do ano' pelo jornal britânico Financial Times. 

Ela aparece na lista ao lado de personalidades como a primeira-ministra britânica Theresa May, a ginasta olímpica norte-americana Simone Biles, a cantora Beyoncé e a ex-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton.

O assunto virou um dos mais comentados no Twitter. Internautas lembram que o título foi concedido a Dilma pouco depois de Michel Temer ter recebido o prêmio de 'homem do ano' pela revista IstoÉ.
A lista das mulheres do ano foi publicada em uma edição especial do veículo de economia, que se propõe a "celebrar as conquistas das mulheres, e registrar seus fracassos".

O nome de Dilma está em 4º lugar, atrás de Theresa May, Simone Biles e da empresária chinesa Didi Chuxing. Hillary Clinton aparece em 10º lugar. Confira aqui a lista.

Leia mais sobre a entrevista de Dilma ao FT. (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply