Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » Segundo a revista Veja, os arquivos da prisão de Marcelo Crivella somem de delegacia do Rio de Janeiro

O senador Marcelo Crivella, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PRB, já foi fichado na polícia. Ele foi levado à 9ª Delegacia de Polícia, em 18 de janeiro de 1990, acusado de invasão de domicílio. Então pastor da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), da qual hoje é bispo licenciado, Crivella teria tentado expulsar um morador de terreno da Iurd. 
O caso foi revelado pela revista Veja, que obteve as fotos de Crivella feitas pela polícia. O inquérito, no entanto, não foi à frente e nem está nos arquivos da Polícia Civil: os registros foram entregues pelo próprio delegado para Crivella. 
Em um vídeo divulgado por sua campanha, Crivella nega que tenha sido preso e fichado. (Com o Diário do Poder)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply