Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » Ele não deve temer somente o Eduardo Cunha. A delação da Odebrecht ameaça vários ministros e até o Michel Temer

As revelações do acordo de delação premiada de executivos da Odebrecht também relacionam ministros e até o próprio presidente de Michel Temer, diz a Folha de S.Paulo. 
A delação da empreiteira deve dizer que Michel Temer pediu apoio à empresa, que teria repassado R$ 10 milhões em dinheiro a peemedebistas. O presidente diz que essa verba foi declarada.
José Serra, Ministro das Relações Exteriores, teria recebido R$ 23 milhões via caixa dois durante sua campanha à Presidência em 2010. Ele nega
Moreira Franco, secretário de PPI, teria pedido R$ 3 milhões em contribuições em 2014.Franco diz que acusação é “uma mentira”
Geddel Viera Lima, ministro da Secretaria de Governo, é acusado de ter tido campanhas patrocinadas pela empreiteira. Ele tem negado as acusações.
As revelações da empreiteira incluiriam ainda o senador Romero Jucá (PMDB-RR), João Santana, marqueteiro do PT, e Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda. (Com o 247)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply