Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » O Ministério Público Federal investiga Geraldo Alckmin por compra de apoio ao tucano João Doria Júnior

O Ministério Público Federal abriu uma investigação para apurar por que o governador Geraldo Alckmin trocou o comando de secretarias estaduais, em São Paulo, pelo apoio de partidos que deram seu tempo de TV ao candidato tucano João Doria Júnior. Doria pode ser punido por abuso de poder político.

Confira, abaixo, a informação do Painel:
Me dê motivo O Ministério Público Eleitoral solicitou esclarecimentos a Geraldo Alckmin sobre a “eventual oferta de secretarias de Estado a agremiações políticas” em troca de apoio a João Doria (PSDB) na eleição em São Paulo. O pedido é parte de um procedimento preparatório que pode resultar em uma ação contra a candidatura tucana por abuso de poder político. No ofício, a Promotoria questiona se o real objetivo das nomeações para o Meio Ambiente e o Turismo foi ampliar a aliança de Doria.

Em série O PP e o PHS assumiram as pastas pouco depois de declararem apoio a Doria. O ofício foi encaminhado na terça (6) à Procuradoria-Geral de Justiça para ser repassado a Alckmin, que não é obrigado a respondê-lo.


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. Qualquer atitude ou movimentação que o governador Geraldo Alckmin faça este ano vão dizer que é em por causa das eleições. Não é. Troca de secretários e alianças políticas são normais durante a gestão. Alckmin é a principal liderança política do estado e uma das maiores do país. Seu apoio terá muito peso nas eleições de 2016 e poderá decidir o resultado.

    ResponderExcluir