Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » » A Polícia Federal prende o presidente do PSDB de Goiás por corrupção

O presidente do Diretório Regional do PSDB em Goiás, Afreni Gonçalves, foi preso na manhã desta quarta-feira (24) em Goiânia dentro da Operação Decantação, deflagrada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Ministério da Transparência para investigar um esquema de desvio de recursos da Saneago, empresa pública de saneamento do Estado. As informações iniciais dão conta de que diversos agentes federais cumprem 120 mandados em Goiânia, Itumbiara, Formosa, Aparecida de Goiânia, Florianópolis e São Paulo.
Também foi preso o presidente da Saneago, José Taveira Rocha. 
As investigações dão conta de que uma “quadrilha” se instalou na estatal e foi responsável pelo desvio de R$ 4,5 milhões em recursos federais, cujo dinheiro teria sido desviado para o financiamento de campanhas políticas.
São cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 21 de condução coercitiva e 67 de busca e apreensão na sede de empresas envolvidas e do PSDB, em Goiânia, além de residências e outros endereços relacionados aos investigados.
A PF afirma que as investigação concluíram que há indícios de que dirigentes e colaboradores da Saneago promoveram licitações fraudulentas, por meio da contratação de uma empresa de consultoria envolvida no esquema.
Recursos federais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de financiamentos do Bando Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal foram desviados para pagamento de propinas e dívidas de campanhas políticas.
Ainda segundo a investigação, a consultoria contratada pela Saneago também é suspeita de favorecer empresas que participavam do conluio e que eram responsáveis, posteriormente, por doações eleitorais.
Abaixo, a lista de detidos, segundo o Estadão
Prisão temporária:
José Taveira Rocha – Diretor Presidente da Saneago
Robson Borges Salazar – Diretor de Gestão Corporativa da Saneago
Afrêni Gonçalves Leite – Presidente do PSDB em Goiás e Diretor de Expansão da Saneago
Nilvane Tomas de Sousa Costa

Prisão Preventiva:
Rivadávia Matos Azevedo
José Raimundo Alves Gontijo – pregoeiro
Emmanuel Domingos Peixoto – presidente da Comissão Permanente de Licitações da Saneago
José Vicente da Silva
Luiz Humberto Gonçalves (Betinho da Saneago) – funcionário da empresa
Frederico José Navarrete Lavers
Gilberto Richard de Oliveira
Rafael Santana Ferreira Sá
Charles Humberto de Oliveira – empresário
Eduardo Henrique de Deus
Carlos Eduardo Pereira da Costa

Com o 247

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply