Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » Renan Calheiros tenta diminuir a platéia do impeachment da presidente Dilma

 Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Dilma Rousseff vai sofrer impeachment diante de 200 canais de televisão de mais de 120 países, e com 2 mil correspondentes estrangeiros no Rio. Não há ‘golpe’ maior para o PT. Por isso o presidente do Congresso, Renan Calheiros – mais aliado dela e de Lula do que de Michel Temer – pretende esticar para dia 25 a votação em plenário, quatro dias após o encerramento do evento. Mas a tramitação e a força da base de Temer estão antecipando o processo. (Da Coluna Esplanada)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply