Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » Michel Temer convoca a imprensa para vê-lo ir buscar o filho na escola, mas gera reclamações dos pais de alunos

O presidente interino, Michel Temer, está à caça desesperada de popularidade. Nesta terça-feira 26, ele convocou a imprensa para vê-lo buscar o filho em seu primeiro dia de aula na escola, em Brasília, mas o plano não deu muito certo. 
Pais de outros alunos reclamaram do tumulto causado pelo aparato de segurança presidencial. A presença da imprensa incomodou alguns pais e crianças. "Vai ser todo dia essa palhaçada?", perguntou uma mãe. "Vão atrás dos corruptos, ele é só uma criança", gritou outra contra os jornalistas, segundo registrou o Valor Econômico.
Além disso, a própria imprensa noticiou que foi convocada por Temer no início desta tarde a ir até a escola, o que acabou se tornando constrangedor. Temer mandou assessores avisarem a imprensa que iria com a mulher, Marcela, buscar o filho na escola.
O esforço de Temer para se tornar mais popular acontece depois da pesquisa Ipsos, que revelou que apenas 16% dos brasileiros querem que ele continue na presidência até 2018. (Com o 247)
Leia abaixo reportagem da Agência Brasil:
Temer muda rotina de escola ao buscar filho no primeiro dia de aula
Paulo Victor Chagas - O presidente interino Michel Temer mudou sua rotina hoje (26) ao buscar o filho, que também se chama Michel Temer, no primeiro dia de aula.
Acompanhado da mulher, Marcela, que há três semanas se mudou para Brasília, Temer chegou pouco antes dos estudantes serem liberados na Escola das Nações, um colégio bilíngue localizado no Lago Sul, bairro nobre da capital federal.
A visita do presidente interino foi divulgada pela assessoria de comunicação do Palácio do Planalto, e, com isso, muitos profissionais da imprensa estiveram no local. Além de Temer e de Marcela, outros pais e familiares entravam e saíam da escola.
A mãe de um dos alunos se queixou da presença de muitos repórteres e da exposição excessiva. "Eles são crianças", disse, ao reclamar de cinegrafistas que a filmavam.
O filho de Temer tem sete anos e está no 2º ano. O presidente interino esperou durante dez minutos a saída do filho e indicou as câmeras para ele. Ao ser questionado por jornalistas se faria o trajeto todos os dias, Temer respondeu que seria só hoje, por se tratar do primeiro dia de aula. Antes, a família morava em São Paulo.
Desde que assumiu o poder, em maio, com o afastamento de Dilma Rousseff, o presidente interino tem buscado se aproximar da população, inclusive divulgando vídeos nas redes sociais.
Nesta terça-feira, por exemplo, ele publicará uma gravação na qual comenta a violência contra a mulher por conta dos dez anos da Lei Maria da Penha, que se completam em agosto.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply