Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » Globo faz fraude das fraudes da Folha de São Paulo e do Datafolha

Os correspondentes internacionais estão experimentando na própria pele o que os blogueiros vem passando há anos.
Críticas à imprensa corporativa, que numa democracia deveriam ser consideradas como algo que ajuda a própria imprensa a se aperfeiçoar e, sobretudo, como um incentivo à a liberdade de imprensa, são quase criminalizadas no Brasil. As informações são do blog “O Cafezinho“, editado por Miguel do Rosário, continue lendo:
Olhe como a Globo tratou a denúncia de fraude da Folha, fraude que consistiu em esconder números de sua própria pesquisa e divulgar uma interpretação diametralmente oposta ao realmente apurado.
A denúncia da fraude da Folha foi feita pelo ganhador do Pullitzer, principal prêmio de imprensa nos Estados Unidos, o jornalista que enfrentou o serviço secreto mais poderoso e mais perigoso do mundo, a NSA, para divulgar informações vazadas por Edgar Snowden.
O jornalista, Glenn Greewald, publicou não apenas uma, mas duas reportagens denunciando a fraude.

Em seguida, a denúncia foi repercutida pelo El País, principal jornal da Espanha e um dos maiores jornais do mundo (conservador, diga-se de passagem).
O jornalista americano Alex Cuadros, um tuiteiro ativo, autor de um best-seller elogiado pelo New York Times sobre o Brasil (o livro Brazillionaires), resolveu entrar na polêmica, e postou uma série de comentários críticos à Folha e à imprensa brasileira. São comentários argutos, refinados, que mereciam ser objeto de reflexão. Eu reproduzo alguns deles aqui.
Observe que Cuadros é um cara que quer acreditar na imprensa brasileira.  Não é um blogueiro político (como eu) já traumatizado por anos de análise das manipulações da mídia. Ele inicialmente atribui a fraude a uma infelicidade qualquer do editor, a um erro de julgamento de jornalistas tomados de paixão partidária.
Percebe-se claramente a evolução de sua perplexidade. O final da história, que conto depois das imagens abaixo, é divertido.
Depois de comentários tão inteligentes, qual o resultado? A Globo publica matéria atribuindo a crítica à Folha a uma polêmica levantada por “blogs pró-Dilma”.
E aí, o moderado e crédulo Alex Cuadros, não mais consegue conter sua irritação.
Eu traduzo esse último tweet: “Para a Globo: reduzir as críticas a essa pesquisa manipulada a blogs “pró-Dilma é maniqueísta e equivocado. Eu não sou pró-Dilma!”
Bem vindo, Alex!
E relaxa, companheiro. Para esses caras, qualquer crítica às suas mentiras é coisa de “petralha”, “pró-Dilma”, “simpatizante do PT”.
O Otavinho Frias não chamou a jornalista britânica, que fez críticas à imprensa brasileira num seminário em Londres de “militante do PT”?
Deslegitimar os críticos é a maneira que eles – os plutocratas da mídia – encontraram para continuar manipulando as notícias.
E, Alex, infelizmente dá certo! Vide a perseguição aberta do governo Temer aos blogs, após uma verdadeira campanha de guerra movida por reportagens na Folha, na Globo, no Estadão, na Veja, no Antagonista, contra a publicidade estatal na imprensa progressista.
Além do mais, não sei se você já percebeu, mas tá rolando um golpe de Estado no Brasil…

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply