Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » Tia Eron foi indicada ao Conselho pelo PRB, para salvar Eduardo Cunha, mas ela diz que vai votar contra o ex-presidente da Câmara

A cassação de Eduardo Cunha (PMDB) pelo Conselho de Ética depende agora de um único voto, da deputada Eronildes Vasconcelos Carvalho, conhecida como Tia Eron, do PRB de Celso Russomanno. Ela deu indicações de que aprova o relatório de Marcos Rogério (DEM-RO), pela “preservação da moral”. A questão é que o PRB estaria preocupado com o impacto das denúncias contra Cunha na campanha de Russomanno à prefeitura de São Paulo. Ele lidera as pesquisas de intenção de voto.
Integrante da Igreja Universal do Reino de Deus, Tia Eron teria sido indicada ao Conselho pelo PRB, para salvar Eduardo Cunha, conforme defendem opositores do presidente afastado. Ela chegou a dizer que tem admiração pelo trabalho dele no Legislativo. 
Deputados do Conselho consultados pela Folha de S. Paulo ressaltam que a parlamentar estaria pressionada pelas alas pró e contra Eduardo Cunha. Eles também acreditam que outros deputados aliados do peemedebista podem mudar de lado até a votação.
O voto da deputada pode determinar se Cunha terá apenas o mandato suspenso, caso seja contra o relatório, ou então se será cassado, se for favorável, junto com o voto de minerva do presidente do conselho, José Carlos Araújo (PR-BA).
A votação está marcada para a próxima terça-feira (7), mas pode ser realizada até a quarta (8). A Mesa da Câmara pró-Cunha ainda pode conseguir, também, barrar mais uma vez o andamento do processo.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply