Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » O lobista Fernando Baiano recebeu R$ 550 da Odebrecht enquanto estava preso

O lobista Fernando Baiano admitiu à Polícia Federal que a Odebrecht lhe pagou R$ 550 mil, em duas parcelas, enquanto ele estava preso. Ele passou quase um ano detido entre 2014 e 2015, em Curitiba, base da Operação Lava Jato, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.
Segundo Baiano, um dos operadores de propina no esquema de corrupção instalado na Petrobras, o pagamento foi feito por uma ‘consultoria lícita’ sobre uma refinaria de em Angola.
Ele declarou que em 2009 foi procurado por Cezar Tavares e Luiz Carlos Moreira para que indicasse uma empresa possivelmente interessada em um projeto em Angola. Segundo Baiano, a consultoria Cezar Tavares havia sido contratada pela Sonangol, no país africano, para desenvolver novos negócios.(Com informações do Diário do Poder)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply