Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) se tornou réu no Supremo Tribunal Federal por apologia ao estupro e injúria


O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) se tornou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por apologia ao estupro e injúria. Caso condenado, ele pode ser punido com pena de 3 a 6 meses de prisão, mais multa.

A denúncia aceita nesta terça-feira 21 pela Segunda Turma do STF foi apresentada em dezembro de 2014 pela Procuradoria Geral da República e diz respeito a uma declaração feita por Bolsonaro à deputada Maria do Rosário (PT-RS) naquele ano.

Segundo Bolsonaro, ela não mereceria ser estuprada, por ser "feia". "Fica aí, Maria do Rosário, fica. Há poucos dias, tu me chamou de estuprador, no Salão Verde, e eu falei que não ia estuprar você porque você não merece. Fica aqui pra ouvir", disse ele em plenário, após um discurso da deputada.
No julgamento, apenas o ministro Marco Aurélio Mello foi contra a abertura da ação penal, mas foi vencido pelos votos de Luiz Fux, Edson Fachin, Rosa Weber e Luiz Roberto Barroso, que formam a Segunda Turma. A maioria entendeu que, além de incitar a prática do estupro, Bolsonaro ofendeu a honra da colega.

"Diante de tantos escândalos, a ética e a moral serão condenadas?", questionou o deputado, no Twitter, após a decisão.

Do 247

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply