Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » O senador Roberto Requião afirma que o governo de Michel Temer está contra os interesses do Brasil

Do blog do Esmael – O senador Roberto Requião (PMDB-PR) criticou nesta segunda-feira (30) as medidas econômicas do governo interino de Michel Temer. Para ele, as medidas podem comprometer as conquistas do bem-estar social adquiridas nos últimos anos. Abaixo, assista ao vídeo:
Na avaliação de Requião, o mercado não se importa se o governo vai ficar nas mãos de Temer ou Dilma, mas quer apenas a garantia da globalização — o que, segundo o senador, significa o enfraquecimento dos governos e dos parlamentos e o fortalecimento do capital especulativo. Ele também disse que Temer é um instrumento de todo esse processo e será julgado, assim como Dilma, pelo conjunto da obra do seu governo.
O senador se definiu como um nacionalista, disse trabalhar pelo interesse do Brasil e chegou a questionar o que esperam ganhar os que apoiam o impeachment e as medidas econômicas de Temer. Na opinião de Requião, será muito difícil a votação final do Senado confirmar o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, pois há um grande número de senadores preocupados com as questões nacionais.
— Não acredito que o Senado da República, com as informações que tem, que adquiriu até este momento, queira abrir mão, não da Dilma, mas do Estado Nacional — afirmou Requião.
Déficit
Roberto Requião também cobrou mais coerência da classe política e dos economistas. Ele mencionou o déficit orçamentário de R$ 170,5 bilhões, aprovado pelo Congresso Nacional na semana passada. Requião lembrou que se trata do maior déficit da história do Brasil. E destacou que muitos parlamentares e setores da imprensa criticaram o pedido de Dilma de revisão da meta fiscal, mas apoiaram o valor pedido pelo governo Temer. Muitos economistas, continuou, diziam que o crescimento de um déficit público era o pesadelo da economia, e agora, segundo Requião, apoiam o valor do déficit. Para o senador, as regras e as réguas que valem para um também deveriam valer para o outro.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply