Slider

Opinião

Política

Notícias

Economia

Esporte

» » » José Dirceu é condenado a 23 anos e três meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro

Do 247, com Agência Brasil - O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, condenou o ex-ministro José Dirceu a 23 anos e três meses pelos crimes de crimes de corrupção, de lavagem e de pertinência à organização criminosa. A pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado. Dirceu pode recorrer da condenação.

No mês passado, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal do Paraná a condenação do ex-ministro José Dirceu, do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e de mais 13 réus da ação penal decorrente da 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco. O pedido foi feito nas alegações finais. No pedido, o MPF acusa Dirceu dos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Também foram condenados o irmão do ex-ministro, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, o empreiteiro Gerson Almada, da Engevix, o empresário Fernando Moura, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, o corretor de imóveis Júlio César dos Santos e o ex-assessor de Dirceu Roberto 'Bob' Marques.

José Dirceu está preso em Curitiba desde agosto de 2015. Ele cumpria prisão em regime domiciliar, em referência à pena a que foi condenado pelo julgamento do 'mensalão', quando foi detido pela Polícia Federal acusado de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras investigado na Lava Jato.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply